A prevenção do câncer de mama é o ano todo

A prevenção do câncer de mama é o ano todo

O câncer de mama é a principal causa de morte por câncer entre as mulheres e perde apenas para doenças cardiovasculares.

A melhor forma de prevenir o câncer de mama é realizar exame físico anual e mamografias. A partir dos 40 anos deve ser realizada pelo menos uma mamografia a cada dois anos.

Quanto mais cedo o câncer de mama é identificado, maiores são as chances de cura. Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta faixa etária a incidência cresce rápida e progressivamente. Estatísticas indicam aumento de casos do câncer de mama tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Segundo tipo mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom.

De acordo com o levantamento de óbitos realizados no Brasil, 13.225 mulheres morreram em 2011 em decorrência de tumores nas mamas. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

“Apesar de ser um câncer de bom prognóstico, as taxas de mortalidade no país continuam elevadas, provavelmente porque a doença ainda está sendo diagnosticada em estágios avançados”, alerta Celso Rotstein, oncologista clínico e consultor da Fundação do Câncer.

Além da realização de consultas e exames periódicos, a SBM reforça a necessidade da busca por hábitos saudáveis de vida, com prática regular de exercícios, dietas pobres em gordura, combate a obesidade e aumento da cintura abdominal, sabidamente relacionadas com o aumento do risco de desenvolver câncer de mama, sobretudo nas mulheres após a menopausa, como demonstram diversos estudos realizados.

Desta forma, salientamos os principais sintomas relacionados ao câncer de mama e orientamos as mulheres a procurarem o mastologista, o quanto antes na presença de um destes sintomas a saber:

 

Caroço nos seios

O nódulo pode ter o conteúdo líquido, conhecido como cisto, e geralmente é regular, móvel e não está relacionado a câncer. Nódulos sólidos, endurecidos e fixos geram uma maior preocupação.

 

Alergia nos mamilos

Traços vermelhos semelhantes à picada de inseto, erupção cutânea ou reação alérgica podem ser um aviso de doença grave e até mesmo câncer de mama.

 

Pele retraída

Alguns tumores podem crescer dentro da mama e repuxar a pele perto dele. Uma entrada na pele que não existia deve chamar a atenção.

 

Inchaço e sensação de calor

O inchaço do seio com a sensação de calor e peso pode ser um sinal de câncer de mama, principalmente quando for de um lado só.

 

Ferida nos seios

Aparição de ferida ou úlcera que não cicatriza.

 

Mudança na pele ao redor do mamilo

A pele que fica ao redor do peito fica mais quente, escamosa, vermelha ou inchada.

 

Saída de Secreção pelo mamilo (papila ou bico)

A aparição de secreção do tipo sangue ou água ou no bico do seio deve sempre ser investigada.

 

Lembre-se o melhor remédio é a prevenção! Faça as mamografias anualmente!

Deixe um comentário